Novos

Switch
Detail
BRL 22,00
As Rebeliões da Tarifa e as Jornadas de Junho no Brasil Organização: Cassio Brancaleone e Daniel De Bem (Grupo de Pesquisa Anticapitalismos e Sociabilidades Emergentes)   As lutas e manifestações de grupos juvenis e populares usuários de transportes coletivos urbanos em muitas capitais brasileiras durante a primeira década do século XXI sinalizam aspectos de “novas” formas de luta e organização que progressivamente adquirem visibilidade no seio dos movimentos sociais nos últimos anos.  No caso do Movimento Passe-Livre, um entre vários coletivos que fomentaram as Rebeliões da Tarifa que tomaram as ruas em todo o país durante as assim chamadas Jornadas de Junho, se
Detail
BRL 28,00
Futebol contra o Estado: confrontando futebol e politicas libertarias A intenção deste livro é mostrar uma visão geral das conexões que existem entre futebol e um posicionamento político radical, aquele que têm como objetivo uma mudança radical da sociedade incentivando a criação de comunidades igualitárias, que por sua vez são constituídas por indivíduos livres. O foco se dará em três aspectos principais: 1) manifestações políticas radicais/libertárias no futebol profissional; 2) torcedores de futebol libertários; 3) o futebol libertário underground que se espalhou pelo mundo. Páginas: 284 Formato 14 X 21 Editora: Deriva
Detail
BRL 25,00
O que devemos fazer? Essa é a pergunta que Liev Tolstoi se propõe a responder frente à realidade em que vivia na Rússia do final do século XIX, na qual a miséria, a desigualdade e a mortalidade por frio e fome tomavam às ruas das grandes cidades. Trazendo questionamentos a respeito do uso do dinheiro, da divisão do trabalho, e da ciência positivista, o autor ataca os pilares fundamentais que sustentam tal sistema, dando grande ênfase na importância da autonomia como meio de combatê-lo.   Páginas: 220 Formato: 14 x21cm Editora Deriva   Frete Grátis 
Detail
BRL 20,00
"Tesouras para Todas" é uma ferramenta coletiva, uma arma lançada para a reflexão, o debate e a ação contra as agressões. É preciso encorajar as mulheres a denunciar, atuar, responder e os grupos a autogestionarem a desconstrução do imaginário sexista que nos toca, nos alfineta e nos atravessa, e que ninguém espere ser iluminado porque não queremos assumir o papel de educadoras. Já chega de explicar, assinalar, escrever, justificar, propor... a violência machista nos tira a vontade de explicações minuciosas ao mesmo tempo em que aumenta o desejo de que exista solidariedade, ações e reações, sem que precisemos estar sempre
Detail
BRL 15,00
80 Páginas Costurado à mão Papel pólen 80 gr
Detail
BRL 40,00
Três livros da coleção Hakim Bey: Hakim Bey – Guerra da Informação – Volume 1/6 Páginas: 130 Hakim Bey - Zonas Autônomas 2/6 Páginas: 172 Hakim Bey – Milênio – Volume 3/6 Páginas: 130   Frete Grátis Editora Deriva